sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz 2012!

praia de Porto de Galinhas/litoral de PE
(arquivo pessoal)
                                         


                                           Aos que dividiram conosco sonhos realizados desejo continuidade em tudo que foi próspero, que trouxe perspectivas relevantes , que contribuiu para o crescimento e fortaleza do ser humano.
                                           O ano que chega traz a repetição de um ritual de passagem, mas com características próprias inerentes a cada pessoa neste universo...Nunca é igual para todos, aí reside  beleza e sabedoria de encarar com muita sobriedade e sensatez o que pretendemos realizar...Nunca planos mirabolantes envolvendo várias situações e projetos, um por vez assumido com determinação já é o bastante.
                                           Não se perder no sonho ...Que seja este o nosso foco em 2012!

                                                                 Feliz Ano Novo!
                                              
                                                       Obrigada 2011, pelo sofrimento, pelas dores, pelas coisas realizadas que trouxeram harmonia e felicidade e nos fizeram crescer!

escrito por Maria Claudete F.H.Batista

domingo, 27 de novembro de 2011

O Homem Concha

                                                  
 Em consonância com o que nos propomos ,na divulgação de novos autores , publicamos na íntegra a Resenha de um livro impactante que tem tudo para ser prestigiado e nos proporcionar uma ótima leitura. PARABÉNS  ao J.C. Hesse pela excelente Resenha.

 Blog Janela do Universo (http://negativeuniverse.blogspot.com/)
Autor : J.C.Hesse
Resenha do Livro : O Homem Concha


O texto da obra é simples e de fácil compreensão.
Uma obra bem tupiniquim, com grande apelo pela natureza. Exaltação das cores brasileiras, uma das marcas facilmente perceptíveis. O espetáculo, um convite do autor, fica por conta do passeio mental, nas paisagens descritas. É possível sentir o que o personagem está vivenciando. O livro é mais que apenas um conto, é também, um passeio pela alma humana, vivido por um personagem não humano, será? Claro que é um personagem diferente do contexto humano. Mas o autor, intencionalmente, ou não, esconde dentro da concha, o nosso eu. A obra expõe, aos poucos, o drama do diferente. Não porque o personagem seja fisicamente diferente, mas pelo que somos diante do diferente, principalmente quando este diferente não está dentro de padrões/convenções aceitáveis.
A perfeição é o pior dos defeitos! Essa é, provavelmente, a  principal constatação e a mensagem desta obra. E em sua imperfeição física, o personagem mostra-se muito mais humano que os humanos. A obra retrata a dor da perda e o risco que se corre pelos que amamos. A aceitação inconteste pela condição existencial, sem prejuízos para a própria vida. O drama da aceitação do diferente. O conflito da alma e o respeito pelo simplório, que muitas vezes fica esquecido em dramas cotidianos. Neste caso, é como se o personagem fosse o que somos, no nosso inconsciente, querendo libertar-se.
O autor junta personagens de uma forma interessante, todos atraídos pelas mesmas necessidades, que são comuns e atemporais. Amor, carinho, respeito e companhia. Não há como não se prender à obra, querendo ver o seu final. Em algum momento da leitura eu já pensava em como o autor poderia terminar o conto, sem ser demasiado triste. Fiquei surpreso, ele deixou inúmeras possibilidades para o futuro do personagem. Na obra, nada ficou sem explicação, apenas a curiosidade por saber como é que tudo vai ficar mais à frente.
Na minha opinião a obra tem muito mais a ser explorado, tudo indica que vai. Acredito que o perfil do personagem foi propositalmente criado de forma a permitir passeios pelo labirinto da alma humana.
Vou falar da capa. De início, achei-a simples! Afirmo que no começo tive lá minhas dúvidas. Mas para que complicar, não é mesmo? Quando fechei o livro, após terminar de lê-lo, entendi a profundidade da mesma. É uma concha sim, mas vista de cima, tendo a oportunidade, faça o teste. Foi minha última descoberta e gostei de perceber a inteligência no detalhe da capa, simples e inteligente. Como eu disse, para que complicar?
É uma obra que pode ser lida por qualquer um e em qualquer época, fácil de entender e emocionante. Na simplicidade de meu conhecimento literário, eu recomendo.


Sobre o autor: Nascido em Blumenau no ano de 1974, o escritor passou cada etapa de sua vida na cidade. Formado em Letras e mestre em Ciência da Informação, iniciou a sua aventura pela escrita em 1988. Além do livro “O homem-concha: a casa do penhasco”, Johnny Virgil é autor do livro “Breves“, editado em 1998, e consiste em uma seleção de poemas.
                      J.C.Hesse foi o resenhista, e é o responsável por este blog e atua como Aux. Adiministratvo do blog Clube dos Novos Autores.

Escrito por Maria Claudete F.H.Batista
nota: esta postagem foi utorizada pela Adriana , uma das responsáveis pelo Clube dos Novos  Autores.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Club dos Novos Autores- Destaque da Semana

                              Na  certeza de que estamos prestigiando os novos autores ,  em  consonância com o Club dos Novos Autores ,  apresentamos o Livro do Escritor Junior Menezes, acessem o link e confiram. ( http://www.bookess.com/read/4440-akelon-um-novo-mundo-por-junior-menezes/)

Destaque da semana

Destaque da semana
AKELON - Um novo mundo - "Este livro conta a história de uma avassaladora crise de proporções étnico-sociais..."

Sinopse do Livro

AKELON UM NOVO MUNDO - O ano é 2095 e o local é a cosmopolita Labínea, cidade-estado e capital do exótico planeta Akelon. Este livro conta a história de uma avassaladora crise de proporções étnico-sociais, duas nações declaram guerra, o motivo: os humanitons, nativos do planeta Akelon, não aceitam que os povos répteis nativos do planeta Lazarrá, apelidados de forma pejorativa de kechanianos, estabeleçam moradia em seu mundo, alegando que eles podem lhes prejudicar no futuro, porém estes não têm mais para onde ir, já que o planeta Lazarrá fora pulverizado por um asteroide. Mas isso é apenas parte do problema em Labínea, a jovem ministra Sarah Redner enfrenta criticas fervorosas e ataque pessoais por evitar o uso de armas de destruição em massa contra a cidade-caverna de Kecham e sempre busca a paz e o diálogo. O maléfico chanceler Dam Sioux não perde nenhuma oportunidade de tentar colocar a ministra contra a opinião pública e ridicularizar seu governo. Entretanto com a chegada do aventureiro Nyck Falcon, Sarah irá depositar nele as suas últimas esperanças na busca pela paz e manutenção da democracia em Akelon.
 
Escrito por Maria Claudete.F.H.Batista

sábado, 17 de setembro de 2011

Amazônia -Um Caminho Para O Sonho- (Marli Carmen)


Querido amigo convido-o a visitar o Blog para Sorteio deste Livro da Autora Marli Carmen , parceira do Clube de Novos Autores. Você vai encantar-se com os personagens e fio condutor deste tour pela Amazônia. Vale a pena conhecer!

Escrito por Maria Claudete F.H.Batista

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Clube dos Novos Autores

                                                    
                                                
                          Transcrevo para vocês o convite feito pela ADRIANA para conhecer o Clube dos Novos Autores. Fui até lá e gostei do que vi.Pessoas engajadas e comprometidas, sobretudo altruístas. Convido-os a fazer o mesmo.

                         " Passando para lhe convidar a fazer parte desta campanha a favor da leitura no BRASIL que não lê, somos o clube dos novos autores, longe da fama, glamour e massa capitalista literária; vem com a gente viver esse sonho a base da inspiração anônima; todos os meses sorteamos nossos livros entre nossos seguidores, e para isso basta seguir o blog e comentar - eu quero participar do clube dos novos autores!
Dia 10/09, 16 livros, e contamos com o teu apoio ao nosso sonho regado de esperança, sangue, suor e paixao pela literatura brasileira!
Vamos juntos expandir a leitura em nosso país em prol de uma BRASIL melhor!



escrito por Maria Claudete

terça-feira, 26 de julho de 2011

Contextualizando Selos

                                         Tudo o que imprime uma marca, o que delimita posse, o que impossibilita violação contextualiza o Selo. Pelo menos de uma forma informal e pragmática podemos entender assim. Quando comecei a transitar pelo universo blogosferiano e chegaram os primeiros e lindos selos fiquei entre a curiosidade do que representavam e a forma como eram feitos.
                                         Assimilei rapidamente que identificavam a proposta e o próprio autor do Blog. Como  pessoa limitada na utilização das ferramentas  adequadas ficou dificil a confecção de um selo . Majoli  veio em meu socorro e presenteou-me com o selo do Viaspercorridas, aliás o único dos meus Blogs que possui selo.
                                        Hoje redimensiono e acrescento que o selo tambem representa o Cartão de Visitas do blogueiro. Entendo que partindo desta premissa distribuí-lo entre os que nos visitam não é um "pecado " contra  a Ética e sim uma vontade que  temos que se leve um pouco de cada um de nós blogueiro. Por isso , compreendendo assim , cada Blog que visitava , se tinha selo ,  eu pegava.
                                      Nesta  andança , acabei pegando o que via pela frente ,rs, e acreditem , não fui "censurada" abertamente , rs, mas agora entendo que fui "posta de lado" por ter sido invasiva e ter levado para o meu Blog um selo que não havia sido oferecido (!!!) .Fui apanhada , como se diz na giria , de "calças curtas" e confesso fiquei sem saber o que fazer. Como forma de amenizar a situação e como amo realmente selos que recebi ( maioria) e outros que trouxe é que criei este espaço.
                                   Blogueiros unidos jamais serão vencidos! Bonito não? Então meus queridos a intenção é que esta rede seja de boas energias , onde a vaidade trafegue na direção do Bem maior e Comum . O mundo conspira ao nosso favor  se formos mais permissivos para que isto aconteça.
                                    O selo do seu Blog reflete sua imagem, pense nisto!  Estou tentando aprender a fazer selos, vou conseguir!

                                                       Amo vocês.

Escrito por Maria Claudete
                                   
                                                                                                 

domingo, 26 de junho de 2011

Casinha de Amor

                       O carinho, o afago fazem parte da corrente geradora de Amor.
      O começar  a postar , significava uma forma de caminhar pela vida deixando na linguagem escrita minhas pegadas... Sempre tive uma alma poética que transitava , por vezes , misturando o etéreo com a realidade.
                        Não sabia o significado da Blogosfera, mas aprendi muito mais coisa boas do que nefastas, fiz amigos e entendi o sentido da reciprocidade da amizade virtual. Inicei e continuo com o Blog da Claudete ( Uol) ...Foi lá que tudo começou. Lá fiz meus primeiros amigos que já migraram do virtual  para o real , Alguns que já não circulam com seus Blogs deixaram lembranças indeléveis - seus selos e mimos- , aqui postados, porquanto representam momentos vividos.
                        Agora coleciono estas Surpresas de Amor que disposibilizo aqui nesta casinha onde viverão para sempre.
                                            Claudete.

             Inicio com o selo da mais recente amiga , a Marlene , pessoa afável, gentil e portadora de uma Cultura Espiritual que nos ensina a caminhar em busca da luz , segundo os ensinamentos da Doutrina Espírita. Guardo com muito carinho e respeito pelo que ela faz e deixo à disposição dos amigos que  quiserem levar,  sintam-se à vondtade ,pois todos merecem nota 10! Todos valem Ouro.
         Obrigada Marlene , que Deus continue te amparando nesta trajetória evangelizadora.